O Risco

Desde o seu início que o MEXE se organiza de forma participada tendo para isso desenvolvido, entre outros dispositivos, espaços de fórum abertos a todos os que queiram pensar e fazer em conjunto. Neste contexto, e como habitualmente, teve lugar a discussão coletiva de onde emergiu o tema despoletador para a próxima edição do MEXE – “O risco”.
O último ano tem-se desenhado com particular indefinição e intensidade. Desigualdades e problemas que muitos viviam são hoje agravados perante uma pandemia que abalou a tirania das certezas. O descrédito na vida política, o afastamento do sensível e dos corpos, o poderio reforçado da tecnologia, as urgências climáticas, a desorientação social, o esvaziamento do espaço público e a dificuldade de afirmação das subjetividades disputam os quotidianos dos cidadãos. Num ambiente e espaço que parece, muitas vezes, remeter para um grande impasse, a necessidade de viver o risco e as suas múltiplas facetas impele-nos no sentido da concretização ativa de outros futuros ainda por vir. Que risco, virtual e real, é este que vivemos no aqui e agora? Quais os seus contornos e nuances? O que pode este risco potenciar de construtivo para além da produção do medo, paralisia, bloqueio e controlo? No terreno da criação artística, ação política, discussão democrática e vivência comunitária, o confronto e a diferença são elementos inerentes, tanto quanto o risco.


Equipa

Hugo Cruz

Direção artística

Patrícia Barbosa

Direção executiva

Fernando Almeida

Apoio à direção executiva

Beatriz Brás

Direção de produção

Maria João Mota

coordenação EIRPAC

Wilma Moutinho

Direção técnica

Sara Cunha

Assessoria de imprensa

Irina Pereira

Design gráfico

Patrícia Poção

Fotografia

João Ferreira

vídeo 

Raquel Pinhão

mecenato e parcerias

Parceiros


Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum. Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium.

Junte-se ao MEXE


O MEXE completa 10 anos na sua próxima edição. Neste percurso consolidou-se como uma plataforma internacional de referência no campo das práticas artísticas comunitárias.

Scroll to Top