O Risco

Desde o seu início que o MEXE se organiza de forma participada tendo para isso desenvolvido, entre outros dispositivos, espaços de fórum abertos a todos os que queiram pensar e fazer em conjunto. Neste contexto, e como habitualmente, teve lugar a discussão coletiva de onde emergiu o tema despoletador para a próxima edição do MEXE – “O risco”.
O último ano tem-se desenhado com particular indefinição e intensidade. Desigualdades e problemas que muitos viviam são hoje agravados perante uma pandemia que abalou a tirania das certezas. O descrédito na vida política, o afastamento do sensível e dos corpos, o poderio reforçado da tecnologia, as urgências climáticas, a desorientação social, o esvaziamento do espaço público e a dificuldade de afirmação das subjetividades disputam os quotidianos dos cidadãos. Num ambiente e espaço que parece, muitas vezes, remeter para um grande impasse, a necessidade de viver o risco e as suas múltiplas facetas impele-nos no sentido da concretização ativa de outros futuros ainda por vir. Que risco, virtual e real, é este que vivemos no aqui e agora? Quais os seus contornos e nuances? O que pode este risco potenciar de construtivo para além da produção do medo, paralisia, bloqueio e controlo? No terreno da criação artística, ação política, discussão democrática e vivência comunitária, o confronto e a diferença são elementos inerentes, tanto quanto o risco.

Quem somos

O MEXE é uma continua inquietação que gera encontros improváveis

Hugo Cruz

Direção artística

Patrícia Barbosa

Direção executiva

Fernando Almeida

Apoio à direção executiva

O MEXE é um mergulho profundo num espaço de criação livre e onde todx têm um lugar

Beatriz Brás

Direção de produção

O MEXE é a nossa utopia coletiva que nos faz acreditar que é possivél reinventarmos a realidade e outras formas de estarmos juntxs

Maria João Mota

coordenação EIRPAC

Wilma Moutinho

Direção técnica

Sara Cunha

Assessoria de imprensa

Irina Pereira

Design gráfico

Patrícia Poção

Fotografia

João Ferreira

vídeo 

Raquel Pinhão

mecenato e parcerias

Patrícia Poção

Fotografia

Mexe é vida

Alexandra Silva

Ajudante de Produção e Anjo

MEXE é uma festa de arte e comunidade sem barreiras

Angela Canez

MEXE é uma forma de adquirir conhecimentos

Aurora Mendes

Bruno Boaro

Carina Moutinho

Cristina Queirós

Dora

MEXE é um encontro e reencontro de pessoas, vontades e urgências. Que nos faz querer ir juntos para a rua ocupar a cidade

Inês Lapa

Inês Lopes

O MEXE liberta-nos de preconceitos e nele fiz descobertas que até então não imaginei fazer.

Irene Oliveira

Juan Cabello Arribas

Mafalda Lourenço

Maria Gil

O MEXE é voz.

Maria Vasquez

O MEXE é viver a comunidade celebrando-a através da arte.

Mariana Eugénio

O MEXE é um espaço de mil e uma oportunidades, e onde se pode fazer grandes descobertas.

Maribelle Brito

Marília Paredes

Margarida Sousa

Patrícia Queirós

O MEXE é um reencontro de familia, como se fosse um jantar de domingo

Salvador Gil

O MEXE é interação da comunidade, da arte e da multiculturalidade. É a junção de varios paises num encontro só.

Sérgio Anjos

O MEXE é um espaço de viagem, onde pude fazer a minha viagem e fazer descobertas enquanto artista e produtor.

Vicente Gil

Junte-se ao MEXE


O MEXE completa 10 anos na sua próxima edição. Neste percurso consolidou-se como uma plataforma internacional de referência no campo das práticas artísticas comunitárias.

Participação no MEXE

• Para a participação nas ações é obrigatório o levantamento de bilhete nos espaços onde estas se realizam. São exceções os seguintes projetos: Herbário Anticolonial e AS BRAVAS: um manifesto, para as quais a inscrição se deve realizar através de mexe.org.pt

• São exceções as ações apresentadas na Culturgest, CRL – Central Elétrica, Teatro Carlos Alberto/TNSJ, Teatro Municipal do Porto.Campo Alegre e Teatro Viriato.

• A bilheteira estará disponível apenas uma hora antes do início das apresentações, no local onde acontecem.

Scroll to Top